‘History of Food…’

A Inglaterra pode não ter tradição gastronômica, mas foi em Londres que aconteceu na última semana o espetáculo The Complete History of Food com dois grandes patrocinadores, Courvoisier e Bompass and Parr. Sediado numa mansão no bairro de Belgravia, o evento foi um passeio pelos alimentos, da Idade Média aos anos 50, e seus prazeres.

Primeiro os convidados foram levados para uma biblioteca decorada em estilo medieval, onde foram analisados de acordo com a arcaica teoria hipocrática, que acredita nos 4 tipos de líquidos (os “humores”) do corpo humano -sangue, bile amarela, bile escura e fleuma. Para balancear os humores foram prescritos alimentos e drinks à base de Courvoisier, servidos no bar de um navio modelo pirata montado na casa, preparados pelo mixologista Joe McCanta do badalado restaurante e bar Saf, primeiro especializado em alimentos crus de Londres.

Depois, numa viagem no tempo, os visitantes chegaram a um terraço moderno, onde foram servidas bolinhas de foie gras recheadas com redução de porto e cobertas com amêndoas caramelizadas e folha de ouro -lembravam o bombom Ferrero Rocher-, criadas pelo chef Alexis Gauthier e acompanhadas de um drink feito com “espumante” -as bolhinhas vinham das uvas, não da bebida.

imagens de Su-Lin, do ótimo blog Thamarind and Thyme; clique aqui e veja todas as imagens que ela fez durante o evento!

O próximo destino era uma sala de estar escura onde, enquanto assistiam sit-coms dos anos 50 em uma televisão em preto-e-branco, eles arranhavam e cheiravam a imagem de um TV dinner feito de frango assado com ervilhas. Nenhum chef preparou um jantar nesta etapa, mesmo porque ninguém ali estaria muito interessado em provar esta saborosa e bem conhecida lembrança dos anos 50. A idéia era mesmo mostrar que há 50 anos as pessoas faziam suas refeições em frente à TV… Muito mais interessante deve ter sido logo em seguida, quando as pessoas passearam pela criação de Andy Best & Merja Puustinen, um estômago depois da ingestão de um TV dinner

imagens: Natalie Sternberg

E então, chegou a hora do Jantar de Iguanodon, com todos sentados à mesa sobre uma réplica do corpo de uma iguana, como a construída por Waterhouse Hawkins em 1853. No cardápio, um delicado confit de pato com lentilhas e  beterraba, servido pelo chef do restaurante Bistrotheque de Londres, acompanhado de Josephine’s Tea Garden, um ponche de Courvoisier, chá verde, maçã e elderflower, feito pelo “guru (do ponche)” Ben Leggett.

A última parada foi a casa de banquetes renascentista, quando apareceu o açúcar pela primeira vez, decorando o ambiente. Para sobremesa, gelatina arquitetonicamente perfeita, imbuída de Courvoisier XO e, mantendo toda a teatralidade, servida com ambergris posset -aquela substância produzida no sistema digestivo da baleia e que dizem ter sabor de leite condensado…

http://o.aolcdn.com/videoplayer/AOL_PlayerLoader.swf

Durante este evento foram servidas aos convidados 111 caixas de bebida; uma garrafa em cristal Baccarat de L’Essence de Courvoisier poderia ser comprada na saída por £1,800…

Encontrei algumas impressões de blogueiros sobre este evento gastronômico que aconteceu em Londres neste mês e resolvi juntá-las aqui, pra quem gosta do assunto…

[londoneater][flickr]
[tamarindandthyme][flickr]
[dailyfinance]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em food & wine, mundo afora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s